Buscar

Consequências do Covid-19, alerta das VCs e decisão judicial

Se você está lendo esse blog você está tentando se recuperar da loucura que está sendo a bolsa de valores essa semana, com certeza o grande destaque do noticiário. Entretanto, por aqui você vai encontrar: investimentos em startups, programas de aceleração, a decisão judicial francesa, além das consequências do Covid-19... inclusive, já lavou suas mãos hoje?


Se acomode, pois nosso fish4you está cheio de notícias e análises sobre o ecossistema de startup, tecnologia e inovação.

MAS VAMOS ÀS NOTÍCIAS...

Mobilização Necessária

Overview: O Corona Vírus tomou o noticiário essa semana e as grandes empresas perceberam o quão ameaçador se tornou essa epidemia. A fundação Bill e Melinda Gates junto a Mastercard anunciou um fundo de US$ 50 milhões para acelerar tecnologias para identificar, avaliar, desenvolver e dimensionar tratamento para o COVID-19.  Outra empresa que anunciou um fundo para o vírus foi a Amazon, entretanto, o valor de US$ 5 milhões será para fornecer doações em dinheiro para pequenas empresas locais durante o surto da doença. Este valor será direcionamento para reter e pagar funcionários, ajudando de modo geral no custo fixo dessas companhias. A Microsoft também anunciou a doação de US$ 1 milhão para ONGs que estão ajudando diretamente no combate do vírus, dando suporte ao aluguel das pessoas alojadas, além de garantir a alimentação das famílias. Além disso, o Google forneceu US$ 25 milhões em créditos de anúncios para a OMS e organizações governamentais como forma de informar cada vez mais a população sobre o vírus. Go deeper: TechCrunch TechCrunch | GeekWire


Alerta das VCs

Investidores e observadores tem se preocupado - e muito - com a economia dos últimos dias. Há quem diga que as tensões entre EUA-China já davam indícios do fim de um dos maiores períodos de expansões econômicas (com exceção do Brasil talvez?), entretanto o surto do Covid-19 tem despertado cada vez mais uma recessão global. A Sequoia, uma das ventures capitals mais influentes do mundo, enviou um comunicado alertando CEOs sobre os possíveis impactos do Corona Vírus. O comunicado acabou vazando nos Estados Unidos e o texto preocupou: “não só sobrevivem os mais fortes, nem os mais inteligentes, mas aqueles que mais se adaptam.”  Diante desse cenário a estratégia que muitos especialistas estão traçando é de crescimento sustentável, sendo assim algumas atitudes segundo eles devem ser tomadas, como: cortes de despesas desnecessárias, aumento da base de clientes, além de uma diretoria forte e confiável. O fundador do Felicis Ventures, Aydin Senkut, ainda comentou: “apesar de alguns segmentos sentirem menos a crise, não é o momento para brincadeira, pois a captação de recurso não será garantia.” Apesar de não sabermos o que está por vir, tal alerta serve não só para as startups, mas para o mercado em geral, afinal há muita especulação e incerteza quanto as consequências do Coronavírus. Go deeper: Neofeed | Axios | Pitchbook | Financial Review



Dinheiro x Influência

Overview: Ainda falando sobre a Sequoia Capital, a Venture Capital se separou da recém-financiada Finix devido a um suposto conflito de interesses. Especula-se que a empresa competiria diretamente com a Stripe, companhia de pagamentos que a Sequoia tem uma das maiores participações privadas. O que surpreende nessa história é que a Sequoia devolveu os lugares que tinha no conselho, os direitos de informação, ações e o investimento total que de acordo com o TechCrunch, cerca de US$ 21 milhões.  Why It matters: Apesar da quantia, surpreende o posicionamento da Sequoia, visto que essa decisão será sentida a longo prazo. Por outro lado, a Finix perde o principal nome de prestígio que tinha consigo e levanta o questionamento: dinheiro x influência, o que é preferível?  Go deeper: TechCrunch


De olho nas startups

O grupo Ultrapar anunciou a estruturação de um fundo de R$150 milhões voltado para startups do mesmo ramo de negócios do conglomerado. De acordo com o presidente do grupo, Frederico Curado, esse dinheiro será aplicado ao longo de cinco anos e tem como objetivo impulsionar empresas que desenvolvam produtos e serviços que tenham sinergia com os diferentes negócios da Ultrapar. Go deeper: FastMarkets Valor Econômico



Inovação de verdade

A Fast Company acaba de divulgar sua lista anual de 50 companhias que mais inovaram no último ano. Nomes famosos como Microsoft, Tesla e Spotify ganharam posições, entretanto o primeiro lugar ficou com o Snap (empresa mãe do Snapchat). Após recusar ser comprado pelo Facebook a empresa passou por dificuldades, entretanto, em 2019 se recuperou inovando a agenda social, o que fez com que voltasse a ganhar usuários. Go deeper: Fast Company



Investigação para a proteção de dados

Overview: A Criteo, gigante da Adtech, está sendo investigada na França pelo órgão de proteção de dados após denúncia apresentada pelo grupo Privacy International. O fato é importante pois para muitos o ecossistema de AdTech é baseado em violações de privacidade, já que exploram dados diariamente. Investigações anteriores mostraram que os rastreadores da Criteo eram usados em sites de saúde mental, compartilhando dados sensíveis dos usuários para fins publicitários. Context: A Criteo divulgou que tem em sua base, dados de quase três quartos dos compradores do mundo, isso tudo através de rastreadores on-line. Sabendo desses números, a Privacy International levantou fortes preocupações com uma ferramenta de Adtech que supostamente seria usada para prever o interesse de produtos em tempo real.  Go deeper: TechCrunch


Mais uma decisão Judicial

Overview: Não é de hoje que estamos comentando sobre as batalhas judiciais entre app e seus “funcionários”. No Brasil já tivemos algumas deliberações a favor dos aplicativos como Uber e Ifood, assim como, as que os colaboradores saíram ganhando, o caso da Loggi. Mas não é só aqui que este assunto está repercutindo, o Tribunal Superior da França reconheceu o direito dos motoristas de Uber serem considerados funcionários da empresa. O fato é emblemático, já a decisão judicial foi consolidada no país que serviu de inspiração para a criação do app. Why it matters: Com esse resultado, os trabalhadores poderão reclassificar sua situação de trabalho, fazendo com que a empresa pague diversas taxas que antes não eram recolhidas. Em declaração a Uber disse que “a decisão não reflete as razões pelas quais os motoristas escolhem usar o app: a independência e a liberdade de trabalhar quando e onde quiserem”. Go deeper: TechCrunch


Programa de aceleração

Brought to you by Alper

A 2º Rodada do Alper Digital, programa de aceleração de startups, está para começar. Com duração de 9 meses ele é destinado para startups de diferentes áreas, tendo no final cinco selecionadas. Além de aceleração e mentoria, as escolhidas terão um espaço de trabalho em um co-working, oportunidade de networking, acesso ao mercado de capitais, além de ter a Alper como cliente. Para saber os pré-requisitos e se increver basta acessar o site!

Go deeper: FastMarkets



Banco novo na área

O Mercado Bitcoin divulgou nesta quarta-feira, 11, que irá lançar sua conta digital, o Meubank. A nova plataforma tem como objetivo expandir a atuação da empresa para o nicho de bancos digitais, integrando carteiras de bitcoin e outros criptos com funcionalidades de pagamento de contas e cartão pré-pago. O banco digital nasce da parceria da Gear Ventures, fundo de investimento em startups, com a Matera, desenvolvedora de soluções em tecnologia e meios de pagamento.  Go deeper: Valor Econômico | Criptonizando




Logo Fisher New.png
Logo fisher branco(Anexo 2).png
  • Linkedin Fisher Venture Builder
  • Branca Ícone Instagram
  • Facebook Fisher Venture Builder
  • Twitter Fisher Venture Builder

Rua dos Pinheiros, 498, 3º andar - São Paulo, SP  |  Brasil