Buscar

Pagamento pelo Whatsapp não agradou a todos

Por Pietro Bonfiglioli


A Notícia

O Whatsapp lançou recentemente a funcionalidade de pagamento direto no aplicativo. Hoje, muitas empresas já usam o app de conversa em seu processo de venda, mas até então o cliente precisava finalizar suas compras fora da plataforma. Agora, o usuário vai pode realizar todo o processo de compra e pagamento de produtos ou serviços direto no app, além poder transferir recursos para outras pessoas.


Com 130 milhões de usuários no Brasil, somos o primeiro país no mundo a ter a funcionalidade, e por aqui a notícia dividiu as opiniões. Por enquanto, o serviço está disponível para usuários com cartão de crédito ou débito, das bandeiras Visa e Mastercard emitidos pelo Banco do Brasil, Nubank e Sicredi, e todos os pagamentos serão processados pela Cielo. No processamento a parceria não envolve exclusividade com a Cielo e outros bancos emissores também podem participar do sistema.


Não é pagamento instantâneo

O pagamento instantâneo, ou PIX, é o projeto do Banco Central para facilitar e baratear os custos de transferência de recursos, além de estar disponível 24/7. O usuário vai poder transferir diferentes quantias instantaneamente para empresas ou pessoas físicas lendo um QR Code.


Apesar do aplicativo estar disponível 24/7, apenas a comunicação da transação será instantânea, mas a transferência dos recursos não. Por trás, a transação é igual a uma compra com cartão de crédito, processada pela Cielo e passando pela CIP.


PIX vs pagamento no Whatsapp


Grandes Bancos

Chamou atenção a não adesão inicial dos grandes bancos privados, que segundo informações participaram das conversas e preferiram não entrar no negócio, e que já começam a ver as big techs como concorrentes. Itaú e Bradesco já concentram esforços no Pix, com o Iti e o Bitz, respectivamente.


O Iti foi lançado pelo Itaú ano passado e o Bitz deve ser lançado pelo Bradesco nos próximos meses.


Reguladores

Por meio da assessoria de imprensa o BC soltou nota afirmando que acompanha a iniciativa e vê grande potencial de integração ao PIX, e considera prematura qualquer especulação que possa gerar fragmentação de mercado e concentração. O BC busca um sistema aberto e interoperável, diferente do modelo chinês onde grande parte dos recursos e transações do país rodam em dois sistemas fechados e não regulados – WeChat e Alipay.


Resumo

1) O anúncio foi menos inovador do que se imaginava, em termos de tecnologia e funcionalidades;


2) Incomodou os concorrentes, com 130 milhões de usuários o Whatsapp possui uma base maior do que qualquer banco;


3) chamou a atenção dos reguladores, pelo potencial de criar um sistema fechado paralelo ao PIX.


Resta saber ainda se os usuários estarão confortáveis em transferir recursos no mesmo aplicativo em que recebem fake News.



Pietro Bonfiglioli

Sócio FIsher VB




Logo Fisher New.png
Logo fisher branco(Anexo 2).png
  • Linkedin Fisher Venture Builder
  • Branca Ícone Instagram
  • Facebook Fisher Venture Builder
  • Twitter Fisher Venture Builder

Rua dos Pinheiros, 498, 3º andar - São Paulo, SP  |  Brasil