Buscar

Grow patina, inteligência artificial divide opiniões e mais um capítulo da guerra do streaming


Grow: sobrevive com ajuda de aparelhos

Overview: A Grow, resultado da fusão entre Grin e Yellow, anunciou a redução de suas operações no Brasil, no que chamou de reestruturação. O serviço de compartilhamento de patinetes será encerrado em 14 cidades, ficando disponível apenas em São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ) e Curitiba (PR). Quanto às bicicletas, o serviço será interrompido temporariamente em todo o país. Além disso, a empresa afirmou que fará demissões, mas não falou em quantidades, apenas disse que está trabalhando em parceria com uma consultoria de RH para a recolocação de seus colaboradores.

Why it matters: Há quem diga que o anúncio já era esperado, afinal circulava há um tempo no mercado que a fusão não teria ocorrido como esperado, além de um racha na gestão que, entre outros fatores, ajudou a afastar um possível aporte de US$ 150 milhões do Softbank.  Vale dizer também que o modelo de negócio chegou a receber o título de revolução dos transportes, mas enfrenta dificuldade para se provar em todo mundo, agora mais ainda.  

Go deeper: ComputerWorld | Terra | G1



Regula ou não regula? 

Overview: Nessa semana CEO do Google, Sundar Pichai, falou sobre a necessidade de se regulamentar a inteligência artificial. Para ele não há dúvidas de que isso precisa ser feito logo, visto que alguns países estão começando a se regularizar sozinhos e novas tecnologias surgem diariamente. Seu discurso entretanto é controverso já que ele sugere ser necessário gerenciar o nível de risco da IA, em vez de discutir abertamente os reais problemas atrelados a ela. 

Context: A discussão em volta da regulamentação é antiga, ano passado Jack Ma, do Alibaba, e Elon Musk, da Tesla mostraram suas visões sobre o tema. O empresário chinês se via otimista com a tecnologia: “quando seres humanos se entendem melhor, o mundo melhora”, disse ele. Já Musk se dizia preocupado, afinal não sabia se a capacidade humana era capaz de entender a rápida evolução da IA.

Enquanto isso, as gigantes de tecnologia como o Facebook, Amazon, Microsoft e o Google - de Pichai - investem agressivamente na aquisição de startups de IA, tendo juntas feito mais de 50 compras desde 2010. 

Go deeper: TechCrunch | Uol | BBC CBInsights


Ainda falando de Google... 

Overview: Em meio a polêmica da regulamentação, a Alphabet, holding do Google passa valer US$ 1 trilhão. Especialistas que a dizem gestão de Pichai será mais sóbria e sem tanta ousadia, com isso o marco já era esperado pelo mercado. O valuation é resultado de constantes altas em 2019 e uma valorização de US$ 1 bilhão apenas em janeiro deste ano. 

Go deeper: TechCrunch | Uol | BBC CBInsights



Tá bom pra você?

Overview:  O Nubank acaba de bater a marca de 20 milhões de clientes e impressiona pela crescente nos últimos anos. Além de ser o maior entre os digitais, o roxinho já passou grandes tradicionais se tornando a 6º maior instituição financeira do Brasil. Como eles mesmos divulgaram, se fossem uma nação, já seriam maior que o Chile, Uruguai, Portugal e Bolívia juntos. 

Go deeper: Nubank | Exame | Olhar Digital



Só pra quem pode!

Overview:  A Samsung lançou o Galaxy Fold, o primeiro aparelho dobrável do mercado brasileiro. Com mais de 400 mil vendas no exterior, ele chega por aqui pela bagatela de R$12,999 e promete criar uma nova categoria de telefones com a tela que abre e fecha como um livro. Será que eles caem no gosto da população? Com esse preço, só daqui alguns anos… 

Go deeper: TechTudo | Uol




Mais um para a guerra

Overview:  O Peacock, novo serviço de streaming da NBCUniversal acaba de ser anunciado para clientes da Comcast sem custo adicional a partir do dia 15 de abril, antes do lançamento para todo o mercado americano em junho. Diferente de outros modelos, o serviço oferecido por eles terá anúncios e uma programação especial gratuita. Caso o usuário queira assistir o catálogo completo sem propagandas basta fazer uma assinatura mensal de US$ 9,99.

Diante de tantos novos concorrentes, o Netflix divulgou que no último trimestre teve um crescimento de 8,8 milhões de novos assinantes. Segundo a empresa, o streaming  já conta com mais de 167 milhões de assinaturas em todo o mundo.

Why it matters: Apesar dos recentes lançamentos na categoria, como o Disney +, Apple TV + e HBO Max, seu grande diferencial está em oferecer conteúdos gratuitos. Para a NBCUniversal o consumidor está cansado de pagar por streaming e tende a optar, apesar das restrições, por plataformas sem custo. Com isso acaba de entrar mais um forte concorrente, com grandes produções em seu portfólio, para brigar entre os grandes do streaming.

Go deeper: Go deeper: TechCrunch | Olhar Digital | TechCrunch



Boas notícias 

Overview:  A agência de classificação de risco, Moody’s, divulgou um relatório com boas notícias para o mercado brasileiro. A agência vê recuperação do mercado de trabalho, retomada da oferta de crédito e a aceleração do consumo nos últimos meses como fatores positivos de crescimento para 2020. A aposta é que a inflação fique em 3,7% este ano, devido os reajustes no setor de serviço, assim como que continue a demanda de crédito para o financiamento imobiliário, consequentemente aquecendo o setor de construção civil. 

Go deeper: Época Negócios | Uol


Para você se inspirar:

Obrigada por estar conosco em mais uma semana. Até a próxima, Ju.

Logo Fisher New.png
Logo fisher branco(Anexo 2).png
  • Linkedin Fisher Venture Builder
  • Branca Ícone Instagram
  • Facebook Fisher Venture Builder
  • Twitter Fisher Venture Builder

Rua dos Pinheiros, 498, 3º andar - São Paulo, SP  |  Brasil