Buscar

HealthTechs - #FisherInterview Rafael Barbosa - CEO Bionexo



Rafael Barbosa, CEO da Bionexo, possui mestrado em Desenvolvimento Econômico pela UNICAMP e MBA pela Darden School of Business, na Universidade da Virgínia. Foi consultor de projetos do Banco Mundial na Amazônia brasileira por quatro anos, atuou na Bessemer Venture Partners em investimentoscom mais de US$5 bilhões em ativos e como Consultor de Inovação para o Inter-American Investment Corporation. Ingressou na Bionexo em 2015 como Gerente de Novos Negócios e depois liderou a Equipe de Produto por dois anos, antes de ser nomeado CEO.


- Na sua opinião, quais os maiores desafios do setor de saúde que healthtechs deveriam endereçar/focar, pensando não só nesse momento de crise mas também pro futuro? Difícil dizer, pois são muitos os desafios. O desafio para as healthtechs é olhar as adversidades em um micronível. Olhar para dentro das instituições de saúde, sejam elas operadores, hospitais, fabricantes ou fornecedores (no caso B2B) e conhecer quais os problemas precisam ser enfrentados. Levando em consideração, digitalização aceleradíssima do cuidado médico, exames e consultas remotas. Redução da ocupação Hospitalar como um todo, redução de liquidez e caixa em Hospitais, potencialmente alta liquidez das operadoras.

- Já é possível perceber o impacto de tecnologias novas como IA, Blockchain, AR/VR, IoT no setor de saúde? Na sua opinião, qual delas terá mais impacto no futuro do segmento de saúde? Olha, os impactos já podem ser percebidos. Mas ainda insuficientes para tratar o problema em escala. Em saúde, escala é o ponto chave, seja para o sistema público ou privado. Mais do que um algoritmo, a problemática computacional de entrada e saída de dados é chave para viabilizar transformações mais amplas, baseadas em IA, por exemplo. A educação médica se beneficia muito com AR/VR e se beneficiará muito mais dado o momento que vivemos. 30 FISHER REPORT HEALTHTECH

- Ouvimos há muito tempo que o setor de saúde possui um potencial gigantesco de inovação e que as healthtechs são foco de investimento de muitos fundos. Mas no Brasil, abola está com as Fintechs. Agora com a pandemia, será que isso vai mudar? Chegou a vez das healthtechs? Acho que isso depende muito da oferta de soluções. O setor bancário no Brasil, seja no crédito ou em outras linhas financeiras é muito rentável no país devido à concentração de bancos e os spreads praticados. O que acho que vai mudar é que muitas teses de alto risco em saúde, como por exemplo consulta e prescrição digital, que esbarrava em legislação serão rapidamente transformadas e já ganharam em 2 meses o que era uma projeção de 5 anos. Neste sentido, acho que o lado da oferta de boas soluções pode impelir bom ânimo para os fundos.

- Como a pandemia impactou a Bionexo, especificamente, e o plano de vocês para o futuro? No nosso caso, o maior impacto do ponto de vista de desafio é ao mesmo tempo uma redução das disponibilidade de agendas por parte dos Hospitais para tratar questões comerciais, bem como uma redução da receita dos mesmos devido à queda de cirurgias eletivas. Por outro lado, nossa tese de crescimento e investimento nunca esteve tão forte. Ferramentas como planejamento de estoque de maneira digital e compartilhamento de riscos com Fornecedores na gestão de inventário serão a regra. Tecnologias como a que temos para monitoramento real de estoques via IoT serão obrigatoriedade da cadeia.

- Como, na sua visão, essa crise vai mudar o futuro do mercado? Essa é uma pergunta quase impossível de responder. Pois estamos vivendo a combinação de uma crise, humanitária junto com uma econômica e com uma pitada de política. Não temos referências no passado para olhar o futuro e fazer previsões. O que mudará é que precisa ser tudo reinventando, o mundo está migrando para o digital e o que demoraria 10 anos está acontecendo em 3 meses e isso muda tudo.


Confira nosso Report completo sobre HealthTechs!



Logo Fisher New.png
Logo fisher branco(Anexo 2).png
  • Linkedin Fisher Venture Builder
  • Branca Ícone Instagram
  • Facebook Fisher Venture Builder
  • Twitter Fisher Venture Builder

Rua dos Pinheiros, 498, 3º andar - São Paulo, SP  |  Brasil