Buscar

Fish4you - abril 2019

Confira as principais notícias de startups, inovação e tecnologia do mês de abril, comentadas pelos nossos especialistas In Da House!

Brazil Conference e Brazil at Silicon Valley, o que são e pq se falou tanto deles?

A Brazil Conference at Harvard & MIT é um evento anual no mês de abril, organizado pela comunidade brasileira de estudantes na região de Boston, desde 2015. Como o próprio nome já diz, o evento ocorre nas universidades de Harvard e MIT e tem o objetivo, segundo o próprio evento, de “promover o debate entre líderes e representantes da diversidade nacional e internacional, sobre os mais variados temas envolvendo nosso país”. O evento aconteceu nos dias 5, 6 e 7 de abril e, entre os diversos temas abordados, estavam economia, política, educação, cultura, finanças e claro, tecnologia e inovação. Participaram dos debates personalidades como: Jorge Paulo Lemann, Luciano Huck, Cristina Junqueira (Co-founder do Nubank), André Street (Fundador da Stone Pagamentos), Gustavo Franco (ex-Presidente BC).


Já o Brazil at Silicon Valley, que aconteceu dias 8 e 9 de abril, também é organizado por estudantes brasileiros só que focado em tecnologia e inovação e aconteceu no campus da Stanford University, e foi descrito por alguns como o equivalente high tech do Brazil Conference. O evento debateu como os avanços tecnológicos podem impactar a competitividade e promover um mindset que incorpore risco e empreendedorismo, dividido 4 principais verticais: Edtech, Fintech, Healthtech e Govtech. Participaram do evento: Jorge Paulo Lemann, André Street, Luciano Huck, David Velez (CEO e Fundador Nubank), Frederico Trajano (CEO Magazine Luiza), Carlos Brito (CEO AB InBev) e diversos ventura capitalists. Saiba mais:

Softbank chega ao Brasil. E, aí?


O Grupo japonês Softbank anunciou em março a criação de um fundo de investimento de US$ 5 bilhões, o Softbank Innovation Fund, focado em projetos de tecnologia na América Latina e criação de operação na região.


O Grupo já investiu em startups como Uber, Slack, Wework, Nvidia, Didi (compradora da 99) e Loggi. Seu maior fundo, o Vision Fund composto por recursos do próprio Softbank e também de outros investidores, possui cerca de US$ 100 bilhões em patrimônio.


O Innovation Fund, como será chamado o fundo, deverá investir em empresas late stage, e segundo informações, os primeiros investimentos devem ser de US$ 150 milhões Grow (fusão Yellow e Grin) e US$ 200 milhões na Creditas. A chegada marca de vez o movimento de entrada de fundos estrangeiros de late stage no Brasil.



Saiba mais:

Cadastro positivo


Cadastro Positivo

O Cadastro Positivo já existe desde 2011 e entrou em vigor em 2013, com o intuito de criar um banco de dados de informações financeiras e de pagamentos dos consumidores, atacando assim um dos principais problemas da concessão de crédito no Brasil: a falta de dados e consequentemente de histórico de crédito. Porém, como a inclusão dos consumidores não era automática, a adesão foi baixa e até hoje só 12 milhões de brasileiros aderiram.


Em abril, foi sancionada a nova lei do cadastro positivo que tem como principal a mudança a inclusão automática dos dados dos consumidores, inclusive de informações de consumo como pagamento de contas de água, luz, telefone, internet, compras em lojas e cartão de crédito. Com a mudança, estima-se que neste novo modelo serão incluídos aproximadamente 120 milhões de consumidores, dos quais cerca de 22 milhões atualmente sem acesso a crédito. Com base nesse histórico de dados é possível calcular uma pontuação, ou um score de crédito, mesmo para aqueles que nunca tiveram uma operação de crédito, e assim conceder empréstimos a juros mais baixos para os bons pagadores.

Saiba mais:

Open Banking

Saiba mais:

Logo Fisher New.png
Logo fisher branco(Anexo 2).png
  • Linkedin Fisher Venture Builder
  • Branca Ícone Instagram
  • Facebook Fisher Venture Builder
  • Twitter Fisher Venture Builder

Rua dos Pinheiros, 498, 3º andar - São Paulo, SP  |  Brasil